00A1BE FFFFFF
 

Publicação

Sistemas organizacionais e implementação de estratégias de inovação: um estudo comparativo de casos.
Buscar apenas publicações disponíveis para download
Baixe o pdf http://acervo.ci.fdc.org.br/AcervoDigital/Disserta%C3%A7%C3%B5es%20FDC/MPA%202018/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20Bruno%20Correa%20de%20Souza.pdf Baixe o Abstract  

Sistemas organizacionais e implementação de estratégias de inovação: um estudo comparativo de casos.

2.018 2018.  202 f. SOUZA, Bruno Correa de. Dissertações FDC Souza, Bruno Correa de SOUZA, Bruno Correa de. O presente estudo tem como propósito investigar a relação entre sistemas organizacionais e estratégias de inovação, procurando responder se diferentes sistemas organizacionais, sejam mecanicistas, orgânicos ou ambidestros, influenciam na implementação de estratégias centradas na inovação. Para tal, a pesquisa propõe analisar a performance de empresas com diferentes sistemas organizacionais quanto à implementação de estratégias de negócios de inovação. Foi adotada uma pesquisa de base qualitativa, descritiva e realizada por meio de estudos de caso. Foram estudos de caso comparativos, em que foram analisadas seis empresas. Todas as empresas do presente estudo atuam em mercados de alta velocidade, a fim de uniformizar a amostragem e obter resultados congruentes. O principal instrumento para coleta de dados foi a entrevista semiestruturada. Como sujeito foram considerados três entrevistados por empresa, sendo um de cargo estratégico, um tático e um cargo operacional. Para o tratamento e análise dos dados, foram consideradas três categorias de análise para o entendimento de cada empresa escolhida, sendo a primeira o tipo de sistemas organizacionais, a segunda a natureza das estratégias de inovação, e a terceira categoria de análise foi a relação dos sistemas organizacionais versus as estratégias de inovação de cada empresa. Como achado das seis empresas analisadas, três apresentam características de sistemas organizacionais predominantemente mecânico, duas empresas apresentam características de sistema organizacional predominantemente orgânico e uma apresentou características de sistema ambidestro. No que diz respeito às estratégias de inovação das seis empresas do estudo, três demonstram estratégias de inovação apenas rotineiras. As outras três apresentam todos os tipos de inovação, rotineira, radical, disruptiva e arquitetural. Como resultante, identificou-se que empresas com características de sistemas organizacionais orgânico e ambidestro tendem a ter melhor performance na implementação de estratégias de negócios centradas na inovação, enquanto empresas com características tradicionais e mecânicas tendem a ter menor performance na implementação de estratégias de negócios de inovação. Português 005.336.1 S729s 2018 DIS