00A1BE FFFFFF
 

Publicação

Mobilidade acadêmica discente em processo de internacionalização de instituição de ensino superior: um estudo no Centro Universitário no Sul de Minas Gerais.
Buscar apenas publicações disponíveis para download
Baixe o pdf http://acervo.ci.fdc.org.br/AcervoDigital/Disserta%C3%A7%C3%B5es%20FDC/MPA%202018/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20Felipe%20Flausino.pdf Baixe o Abstract  

Mobilidade acadêmica discente em processo de internacionalização de instituição de ensino superior: um estudo no Centro Universitário no Sul de Minas Gerais.

2.017 2017.  122 f. OLIVEIRA, Felipe Flausino de. Dissertações FDC Oliveira, Felipe Flausino de OLIVEIRA, Felipe Flausino de. O presente estudo tem como objetivo central investigar a estratégia de mobilidade acadêmica em processo de internacionalização de instituição de ensino superior –IES, localizado na região sul do Estado de Minas Gerais: o Centro Universitário do Sul de Minas – UNIS-MG. A proposta deriva da relevância de se melhor compreender de que forma a estratégia de mobilidade acadêmica, recorrentemente apontada na literatura como umas das principais estratégias adotadas por instituições de ensino em seus processos de internacionalização, envolvendo iniciativas de reforma curricular, projetos conjuntos de pesquisa e estruturação de redes de cooperação internacional, envolvendo universidades e empresas globais. Nesse sentido, seus objetivos específicos podem ser assim delineados: 1. descrever o processo de internacionalização adotado, como base para a realização do estudo; 2. investigar as principais ações e estratégias de internacionalização adotadas; 3. analisar implicações institucionais, pessoais e societais da introdução de estratégia de mobilidade acadêmica no âmbito do processo internacionalização da instituição de ensino superior alvo deste estudo. Como marco teórico para a investigação do modelo de internacionalização alvo do estudo fez-se uso do modelo de circuito contínuo da internacionalização, conforme desenvolvido por Knight (1994, 1993). Em termos metodológicos, a pesquisa que subsidiou os resultados deste estudo pode ser caracterizada como de abordagem qualitativa e de caráter descritivo, conduzida por meio da adoção de instrumentos múltiplos: questionários, entrevistas semiestruturadas e em profundidade, observação direta – do tipo não participante – e análise de documentos. Quanto à estratégia de coleta de dados, a pesquisa foi dividida em duas fases. Na primeira, foi aplicado questionário contemplando itens que influenciam na mobilidade internacional de estudantes, conforme evidenciados na literatura revisada (LARSEN e VINCENT-LANCRIN, 2002; MUÑOZ, 2004; HARFI, 2004; HARFI e MATHIEU, 2006), tendo os mesmos sido, previamente, traduzidos e adaptados pelo autor para a língua portuguesa. Na segunda fase foram realizadas entrevistas com profissionais diretamente envolvidos na construção e operacionalização do processo de internacionalização do UNIS-MG, incluindo o reitor da instituição, os coordenadores do curso de Administração/Comércio Exterior, Engenharia Mecânica e Nutrição e a Diretora de Relações Internacionais. Visou-se, com essa representação heterogênea, demonstrar diferentes visões sobre o processo de internacionalização e a estratégia de mobilidade acadêmica do UNIS-MG, aportadas por seus principais atores. Como resultados contata-se, a partir da aplicação do Modelo de Knight (1994), pontos de expansa~o e tambe´m fragilidades. Por ser um processo recente, o ponto mais sensi´vel refere-se à constatac¸ a~o quanto à inexistência de estrate´gia e poli´ticas formalizadas e expli´citas que abranjam o conjunto das unidades, direcionando os principais objetivos e metas de internacionalizac¸a~o. Em suma, como parte integrante de programa de mestrado profissional, espera-se que a pesquisa possa servir de referência ao UNIS-MG, assim como a outras instituições de ensino superior brasileiras mobilizadas em processos de internacionalização e, em particular, em ações de mobilidade acadêmica, permitindo-lhes compreendê-las de forma mais sistêmica, de modo a evidenciar sua real eficácia - nos níveis pessoal, institucional e societal -, assim como desvelar aspectos estruturais, por elas obnubilados, evidenciando os desafios menos superficiais da internacionalização no setor. 
 The present study aims to investigate the academic mobility strategy in the process of internationalization of higher education institution - HEI, located in the southern region of the State of Minas Gerais: the Higher Education Center of the South of Minas – UNIS-MG. The proposal derives from the relevance of better understanding in what way the academic mobility strategy, recurrently pointed out in the literature as one of the main strategies adopted by educational institutions in their internationalization processes, involving curricular reform initiatives, joint research and structuring projects of international cooperation networks, involving universities and global companies. In this sense, its specific aims can be outlined as follows: 1. describe the process of internationalization adopted as the basis for the study; 2. investigate the main internationalization actions and strategies adopted; 3. analyze the institutional, personal and societal implications of the introduction of an academic mobility strategy within the internationalization process of the higher education institution targeted by this study. As a theoretical framework for the investigation of the internationalization model of the study, the continuous circuit model of internationalization, as developed by Knight (1994, 1993), was used. In methodological terms, the research that subsidized the results of this study can be characterized as a qualitative and descriptive approach, conducted through the adoption of multiple instruments: questionnaires, semi-structured and in-depth interviews, direct observation - of the non-participant type - and document analysis. As for the data collection strategy, the research was divided into two phases. In the first one, a questionnaire was applied contemplating items that influence the international mobility of students, as evidenced in the reviewed literature (LARSEN and VINCENT-LANCRIN, 2002; MUÑOZ, 2004; HARFI, 2004; HARFI and MATHIEU, 2006) previously, translated and adapted by the author into the Portuguese language. In the second phase, interviews were conducted with professionals directly involved in the construction and operationalization of the UNIS-MG internationalization process, including the institution's rector, the coordinators of the Administration / Foreign Trade course, Mechanical Engineering and Nutrition and the Director of International Relations. This heterogeneous representation was aimed at demonstrating different visions about the internationalization process and the academic mobility strategy of UNIS-MG, contributed by its main actors. As a result, from the application of the Knight Model (1994), points of expansion and fragilities are contacted. Because it is a recent process, the most sensitive point refers to the fact that there is no strategy and formalized and explicit policies that cover all the units, directing the main objectives and goals of internationalization. In short, as part of a professional master's program, it is expected that the research will serve as a reference to UNIS-MG, as well as to other Brazilian higher education institutions mobilized in internationalization processes and, in particular, in mobility actions allowing them to understand them in a more systemic way, in order to show their real effectiveness - at the personal, institutional and societal levels - as well as to unveil structural aspects, which are obfuscated, evidencing the less superficial challenges of internationalization in the sector.
Português 334.726:378 O48m 2017 DIS