Fundação Dom Cabral
00A1BE FFFFFF
 

Publication

Case Louis Vuitton Moet Hennessy.
Find only publications available for download
Download pdf http://ci.fdc.org.br:8888/AcervoDigital/Casos/Casos%202018/PCBM%20-%20LVMH%20-%20Louis%20Vuitton%20-%20CASE.pdf Download Abstract  

Case Louis Vuitton Moet Hennessy.

2,018 2018.    SALUM, Fabian Ariel;  COLETA, Karina Andrea Pereira Garcia. Case Study Salum, Fabian Ariel SALUM, Fabian Ariel;  COLETA, Karina Andrea Pereira Garcia. Comandado pelo CEO Bernard Arnault, o grupo LVMH reúne 70 marcas conhecidas no mercado de produtos de luxo. As marcas são chamadas de Maisons (casas em francês) e se dividem em cinco segmentos: vinhos, moda e acessórios de couro, perfumaria e cosméticos, joalheria e relógios, e lojas de varejo com produtos selecionados. Entre os artigos de luxo das Maisons estão o champanhe Dom Pérignon, as bolsas e acessórios Marc Jacobs, os perfumes Christian Dior e os relógios TAG Heuer.
Uma das lojas do varejo, adquirida pelo grupo LVMH em 1984, é a monumental Le Bon Marché onde circulam 15.000 clientes por dia. Ela foi a primeira loja de departamentos do mundo, aberta em 1852 e localizada na Rue de Sèvres 24, no Sixième Quartier, região nobre de Paris. A loja foi fundada pelo empresário francês Aristide Boucicaut juntamente com sua esposa Marguerite. Sua proposta reflete a inquietude francesa do século XIX em lançar novos empreendimentos. Na época, Boucicaut trouxe inovações nas transações como a possiblidade de entrega em domicílio, a compra por catálogo e a troca de produtos. Além disto, introduziu o entretenimento para as crianças e salas de leitura para os maridos dentro da estrutura do Le Bon Marché.
Português Documento Eletrônico