Fundação Dom Cabral

 
Encontre um programa

O que podemos aprender com os Tigres Bálticos sobre competitividade?.

Ano de Publicação 2015
Publicação Nova Lima: Fundação Dom Cabral, 2015. (Caderno de Ideias ; CI1502)
Paginação 6 p.
Autor(es) BURCHART, Ana Luiza Lara de Araújo.
Tipo de Publicação Caderno de Ideias
Autor Principal Burchart, Ana Luiza Lara de Araújo
Outros Autores BURCHART, Ana Luiza Lara de Araújo.
Resumo Marcados por várias conturbações, invasões e crises ao longo de suas histórias, os países bálticos apresentam pontos de superação e melhoria ao longo dos anos. Assim como o Brasil, Lituânia, Estônia e Letônia têm vivenciado historicamente alta volatilidade econômica, além de terem passado recentemente por um período e culturais similares, os países bálticos apresentam trajetórias distintas na evolução de sua competitividade. Oferecem-nos assim bons exemplos (tanto positivos quanto negativos) de desenvolvimento econômico, e portanto, valiosas lições sobre como tornar uma economia um importante competidor global.
Idioma Português
Número de Referência 005 B947p 2015 2007
X

Encontre um programa

Tema



















Localidade

Duração

Nível Hierárquico

Acompanhe nas redes